sexta-feira, outubro 27, 2006

CASA DOS 30

Acordei deprê como em toda véspera de aniversário. Não sei o por que, mas é sempre assim. Vai chegando o dia, vou ficando melancólica, deprimida, sensível e de saco cheio, com muita vontade de reviravoltas. Estou chegando aos 30 anos e acho que tenho pensado nisso nos últimos dois anos, o que foi bom já que amenizou a crise. E acho que apesar de ainda não ter alcançado uma série de resultados - que eu imaginava aos 18 anos-, cheguei aos 30 com muita dignidade. Sou uma mulher integral.

Um comentário:

Bianca disse...

Daqui a pouco sou eu, estou com 28... Passei por uma crise semelhante aos 25 anos... Hoje penso que existem duas grandes frustrações minhas: ainda não ser mãe e não estar estabilizada profissionalmente. São metas para 2007 (sou brasileira e não desisto nunca). Mas penso também em tudo que conquistei de bom (casamento, respeito e confiança das pessoaos no meu trabalho, moramos em apartamento próprio que não falta nada, temos carro, bons amigos e uma família que eu amo e saúde)... Quero muito mais do que tenho hoje, às vezes me irrito pela demora em atngir meus objetivos... Mas sei que tudo tem o seu tempo e acredito que chego lá... Nesta hora a fé é nosso principal alento... Temos que pensar que muitas vezes a casa dos 30 ou dos 40 podem ser ainda mais felizes e de realização do que as anteriores... Mas só saberemos quando as vivenciarmos... bjs