sexta-feira, outubro 27, 2006

Aquisição paulista

Entre a breja dos paulistas e a cerva dos cariocas, fico com os paulistas. O palavra bonita essa, BREJA. E tem mais ar de carioca, com suas brejeirices do que de paulista. Belíssima aquisição para o meu vocabulário. Palavra para falar com gosto e encher a boca.

6 comentários:

Andre Balsini disse...

Prefiro uma Cerva !!!!!!!!!!!!

Juba ::: disse...

ô criatura, como é que você volta com tudo assim sem avisar, sem contar pros amigos, sem colocar um cartaz... faz mais isso não, que se não fosse eu sua fã e viesse sempre ver a quantas andam suas letrinhas, ia perder. Vai ver é muita breja!

Anônimo disse...

Oi Pri, entrei no seu blog só para te falar que não queria que a idéia da confreternização murchasse... Sabe que eu entro nele de vez em quando, e toda vez não consigo não ler texto a texto das suas inserções desde a última que li da vez anterior que entrei. Tenho 2 opiniões a respeito... ou você realmente pensa e sente a vida muito como eu (e olha que somos bem diferentes!) ou você sabe traduzir as coisas da vida numa maneira tão verdadeira e plácida que eu me perco lendo seus textos. E adoro isso! já que você falou sobre a breja, eu, como uma tipica garota importada do interior paulista não posso deixar de inclui-la na carta de drinks do nosso jantar! que se inicie então os preparativos! beijos, Mari

Anônimo disse...

fewa

Roger disse...

Manda mais!!!!!!!

Bianca disse...

Não, por favor.... Não vire a casaca assim, pelo menos não tão rápido... A cerva é genuinamente carioca, tá no sangue, tá na ponta da língua, mas, principalmente, nas mãos de todos os "halterocopistas" cariocas de carteirinha... Breja não!!! Porra, meu, ô loco, num vira paulista naum, breja é o c...... Como carioca que sou discordo totalmente ainda faço campanha contra... Mas numa coisa certamente concordamos: se ela estiver estupidamente gelada, pode ser cerva ou breja, não importa, vai para o mesmo lugar e dá a mesma senção de prazer... Fica o protesto!!! Bjs rsrsrsrsrs